}

Por: Chico Pedrosa em 14 de novembro de 2021

Governo Bolsonaro anuncia nove milhões de investimentos em Paulistana e mais duas cidades do Piauí

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou, neste ano, a contratação de R$ 109,4 milhões em financiamentos para obras de mobilidade urbana por meio do Programa Avançar Cidades. Foram aprovadas dez propostas de municípios do Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Para o Piauí serão repassados nove milhões para três cidades, Paulistana, Demerval Lobão e Antônio Almeida. Os recursos são provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)
O Ministro Rogério Marinho explicou como serão aplicados os fundos e destacou o trabalho do governo Bolsonaro para desenvolver todas as regiões do País.”Os investimentos em projetos de mobilidade urbana proporcionam mais qualidade de vida à população. E o Governo Federal busca estimular que estados e municípios promovam esse tipo de iniciativa”, afirma o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “O Avançar Cidades é uma alternativa para que as unidades federativas financiem ações de mobilidade. As inscrições podem ser feitas a qualquer tempo”, informa o ministro.
Em Paulistana o governo federal autorizou R$ 4,7 milhões em financiamentos. O valor será destinado à realização de serviços de pavimentação, microdrenagem, construção de calçadas com acessibilidade, instalação de iluminação pública, recapeamentos de pistas e sinalização viária em diversas ruas do município.Já em Demerval Lobão foram R$ 2,8 milhões para pavimentação asfáltica nos bairros Centro e Vista Alegre e em paralelepípedos nas localidades Piaçava I, Cidade Nova, Parque Vaquejador, Prainha do Vento e Boa Esperança – estes bairros também terão sistema de iluminação pública implantado. Outra ação será a elaboração do projeto executivo para a execução das obras. Outra cidade do Piauí, Antônio Almeida, terá R$ 1,5 milhão para a elaboração de estudos e projetos.

Fonte: Com informações Ministério do Desenvolvimento Regional